segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Cotidiano

"Olha só, Heitor, vou secar a caixa com esse pano, hahahaha!" - Minha irmã vem na minha direção trazendo o gato, que alguns segundos depois, estará todo molhado.

***

"Você tá muito confiante. Você vai ver tudo dar errado. E aí, como você foi?" - Minha mãe e sua ladainha característica.
"Tô entre os primeiros da lista de espera. O que você dizia mesmo?" - Respondo.

***

"Miaaaauuu!"
"Miau."
"Miaaau"
"Mi-miau-u"
Eu e a Nina conversamos várias vezes ao dia.

***

"Heitor, não é um absurdo?" - Minha irmã.
"O quê?"
"Ah... Cê sabe!"
"Não, não sei."
"Então deixa."

***

"Isabel, posso perguntar uma coisa?"
"Você nao vai perguntar aquilo de novo, né?"
"Não, não..."
"Então pode."
"Ok... Por que você é boba?"
"Ai, eu sabia!"

***

Estou mexendo no computador, quando:
"Ahhhhhhh quem é essa??? Mããããeeee, o Heitor tá vendo foto de menina no computadooooooor!"

***

"Heitor, o que significa 'spiqui ful'?" - Minha irmã perguntando, na verdade, o que significa "Speak, fool", quando eu estou jogando Warcraft com os Undead.

***

"Gato... gaaaato..." - Ele olha pra mim.
"GATOGATOGATOGATOGATO" - Corro atrás dele.


That's life.