segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Lutar ou Fugir?

A situação é complicada. Que opção você escolhe?


Com certeza quase todos adorariam dizer que preferem lutar. Mas na realidade, nós preferimos fugir, ou nos esconder, e esperar passar. Principalmente se vemos que o desafio é demasiado difícil, e podemos nos livrar dele poupando nossa energia. Qual a vantagem de ''combater, despender forças sobre''¹, se nos escondendo o risco é muito menor?

''Mas que risco exatamente?''

Todos que você puder imaginar. Risco de se machucar. De morrer. De se decepcionar. De se apegar. De sofrer. Talvez, até o risco de gostar.

Então, nos escondemos. E nos tornamos estranhos uns para os outros. ''Pare de me olhar, pare de me olhar.'' Nós nos isolamos, sem saber das contribuições que podemos fazer uns para os outros. De amizade, de amor, de consciência, de apoio, até de rivalidade.

Você já tentou olhar nos olhos de um desconhecido na rua? E se já, quantas vezes você recebeu o olhar de volta?


¹: Michaelis Online.

sábado, 16 de outubro de 2010

Olhares e Sorrisos

Participação especial de Felipe Francisco. O texto antes do traço é de autoria dele. O posterior é meu.


Olhos são como prisões sem celas.

Parecem fácil de se escapar mas a liberdade está tão distante quanto o fim de um abismo.

Talvez não tenha passado por isso ainda, mas você sabe quando se apaixona por alguém apenas por olhar em seus olhos. Não tem como escapar, inevitável. Começa a conversar, começa a discutir e talvez até a namorar. Maravilhoso encanto de uma paixão... amor.

Amor a primeira vista? Talvez sim, não precisei conhecê-la para saber que era alguém diferente dos outros. Admirava sua notável de agitação, como seu sorriso aparecia em seus frágeis lábios, na sua voz que ecoava pelos ouvidos e também pelo seu jeito delicado em se aproximar das pessoas.

"Oi". Joelhos sem força perante o olhar caramelado de uma mulher. O chão não existia mais sobre meus pés, o encanto... "Oi".

Bastou para prender-me, talvez para sempre, numa emoção indescritível e muito semelhante a um verdadeiro "Eu te amo".

Contudo, todo abismo tem seu fim, e quem sabe nos resta uma chance de chegarmos a liberdade? Ou talvez eu prefira cair eternamente perdido nos brilhos de teus olhares castanhos. E sem fim.

Felipe Francisco.



Sorrisos. Simpatia. Um bom sorriso atrai as pessoas. Uma atração que não diz respeito à beleza. Mas à essência. Ao interior. Um sorriso, assim como um olhar, é uma janela para o interior da pessoa. Uma porta de entrada. ''Conheça-me.''

Quando vi aquele sorriso, as coisas desapareceram à minha volta. Admito, havia reparado no corpo dela antes, mas ela estava à distância e de costas. Foi quando ela se aproximou que as cores mudaram, vinham, voltavam, se misturavam, se confundiam. Meus olhos não focavam direito. Levei um tempo pra coordenar meu corpo para beijá-la no rosto, quando ela me surpreendeu com um abraço. Tive reflexo de abraçá-la sem que parecesse que fui surpreendido. Eu conseguia ouvir meu coração. Não sei se ela percebeu. Só sei que eu não me importava. Enquando eu a abraçasse, nada importaria.

Várias características dela eram opostas ao que costuma me atrair. O que só me fazia gostar dela ainda mais. Mas o sorriso com certeza foi o que iniciou tudo. Maldito sorriso.

Eu gostava do jeito delicado dela de andar, de falar, de pegar na minha mão... de me abraçar. Parece pouco, um toque de mãos, dedos entrelaçados, alheios aos acontecimentos ao redor, como uma peça no lugar errado, um musicista que se atrapalhou na hora que a orquestra se posicionou, mas que a melodia que ele produziu coube muito bem no espetáculo. E, subitamente, ele se deu conta. E seu instrumento parou de tocar. E tudo desmoronou, e se perdeu no infinito daquele olhar, e daquele sorriso.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Presidente Prudente - SP

Percebi que vários leitores meus não moram próximos de mim. Por isso, resolvi fazer um post sobre a cidade onde moro. :)



Cruzamento das Avenidas Brasil e Washington Luiz

O município de Presidente Prudente foi fundado em 14 de Setembro de 1917. Atualmente o município tem aproximadamente 210 mil habitantes. A cidade é promissora, considerada uma das melhores do estado de São Paulo para se trabalhar, mas devido a problemas de má gestão, sofre hoje com crescentes problemas de trânsito, violência e miséria.


Um pouco de História

O município foi fundado pelo Coronel Francisco de Paula Goulart. As posses por todo o interior do estado de São Paulo foram marcadas pela grilagem, posse ilegal de terras através de escrituras forjadas. O munícipio surgiu e cresceu pela crescente exploração do café, milho e algodão no século XX.


Um pouco de Geografia

Presidente Prudente localiza-se no sudoeste de SP, e à aproximadamente 570 km da capital do estado. A região administrativa da qual a cidade é pólo econômico é a com o maior número de penintenciárias do estado. Localiza-se a 475 metros acima do nível do mar. A região tem como característica climática a continentalidade, o que faz com que a média da umidade relativa do ar seja baixa, portanto, os dias são quentes e as noites são frias, se comparados ao litoral. Os invernos são secos e frios e os verões são quentes e chuvosos, graças às massas de ar polares e tropicais. Por duas vezes na história da cidade, em 1975 e 2000, nos períodos de seca, foram registradas temperaturas de 0º ou menos. Isso acontece justamente por causa da continentalidade. Presidente Prudente também tem um grande número de universidades, caracterizando o município também como pólo acadêmico.

Taxa de alfabetização: 98%
IDH: 0,846


Um pouco de Economia

As atividades econômicas da cidade e da região abrangem todos os três setores econômicos. A agropecuária é presente, principalmente pela produção de cana e pelos rebanhos de gado. Também há  pequenos produtores de culturas variadas.
Também há forte presença de indústrias. Segundo os registros da Prefeitura, existem mais de 440 indústrias no município. Cerca de 58% das indústrias associadas à Fiesp/Ciesp estão no município.
O setor de serviços também é bastante presente. Como pólo econômico da região, Presidente Prudente detém grande parte dos estabelecimentos deste setor.


Um pouco sobre Qualidade de Vida

O IDH da cidade caracteriza-a como uma cidade elevada no quesito qualidade de vida. E não é sem motivo. A taxa de alfabetização é quase 100% (dados Secretaria de Educação 2008), toda a população tem energia elétrica (dados Caiuá 2008) e todo o esgoto é coletado e tratado (dados Sabesp 2009). Porém, devido a problemas de gestão, surgiu uma pequena parcela da população abaixo da linha da pobreza. Os problemas de metrópole ainda são muito discretos e inexpressivos no município, mas sem planejamento, podem ficar sem controle em poucos anos.


Fontes:
-http://pt.wikipedia.org/wiki/Presidente_Prudente
-http://www.presidenteprudente.sp.gov.br



Bom, galera, é isso aí. Um resumo básico e algumas informações sobre a cidade onde eu moro. Se quiserem saber mais, comentem ou me contactem pelo twitter: http://twitter.com/heitorpas. Obrigado.