segunda-feira, 12 de julho de 2010

Personalidade

Quer falar sobre algo extremamente deturpado e distorcido? Então o assunto é ''personalidade''.

Dizem que cada um tem a sua. Não é de todo verdade. Cada um pode ter a sua. No entanto, muitas pessoas abrem mão de sua personalidade. Por que elas fazem isso? A única resposta que me vem à mente é: ''Intelecto reduzido''.

Por que abrir mão de ser você mesmo, de ser único, para seguir o que outros definiram?

A maior inimiga da personalidade é a moda. Um monte de conjuntos de idéias pré-definidas embaladas e prontas para vender. Falo da moda de forma geral. E o modo de produção capitalista é o patrocinador do estupro da personalidade. Propagandas na TV invadem nosso horário de jantar, nosso descanso durante o uso da internet, enquanto ouvimos rádio... Tudo isso somado a uma educação precária, tanto familiar quanto escolar, não desenvolve senso crítico das pessoas e tão pouco personalidade, já que estes estão relacionados.

Eu não teria nenhum problema com uma pessoa que gostasse, por exemplo, de Harry Potter, se ela tivesse o mínimo de senso crítico e personalidade, se isso não afetasse a vida dela de tal forma que a deixasse perturbada, como se aquilo fosse um semidivino. Ontem eu vi no Twitter algo assim: ''RT se a mulher dessa foto mudou a sua vida''. A mulher da foto em questão era a autora de Harry Potter. Eu já li livros incríveis com muito conteúdo que não chegaram a mudar minha vida da forma como esses fãs ou seguidores de modas retratam. Alguns contribuíram para o meu crescimento intelectual, e dessa forma mudaram algo em mim, mas nada tão dramático quando ''mudar minha vida''. Ainda mais algo sem conteúdo como Harry Potter. Nenhum tipo de livro ou filme do qual eu usufruí que tinha como objetivo apenas entreter, sem contribuir intelectualmente, mudou minha vida. Só posso lamentar por essas pessoas serem tão influenciáveis e vazias.

Nenhum comentário: